TIMI AUDIO
(41)  9252-3152
 
   
   
 
 
     
 
 
Contato
 
   
 
     
 
Atualizado em 2014.06.05

Segurança e etiqueta na Internet
 
 


É cada vez maior o número de pessoas que ingressam diariamente na internet. Boa parte delas, porém, desconhece regras básicas de segurança e etiqueta, pondo em risco sua própria segurança e a de outros.

As sugestões abaixo são práticas recomendadas por desenvolvedores de soluções de segurança, organizações civis e, com base em minha própria experiência, visando trazer algum conhecimento básico quanto ao uso do correio eletrônico. Afinal, utilizar o correio eletrônico (e-mail) de modo seguro e responsável é o mínimo que se espera de um usuário da internet.
Sendo, em grande parte, sugestões de eficácia comprovada, ao seguí-las você obterá muito mais sucesso e segurança em sua comunicação.

1 - Seja qual for o argumento utilizado, jamais digite a senha de seu e-mail em um site que não seja o oficial do provedor do serviço.

2- Quem usa redes sociais já deve ter observado que muitas delas pedem para o usuário digitar a sua "senha do e-mail", alegando que com isso ele encontrará mais amigos e, etc. Entretanto essa é uma prática abusiva, condenável e altamente perigosa. Sem contar que estranhos passarão a ter conhecimento da senha do e-mail dessa pessoa.
Infelizmente pessoas ingênuas caem nessa armadilha, colocando em risco sua própria segurança e permitindo que o administrador da respectiva rede social envie 'spam' - que eles chamam de convites... - para todos aqueles com os quais a pessoa alguma vez se comunicou e, cujo endereço ainda conste em algum lugar do serviço de e-mail, e até mesmo para outros 'spammers' e demais pessoas indesejáveis.

3 - Jamais digite (publique) o endereço de e-mail de outra pessoa ou empresa em uma página acessível ao público (num fórum, por exemplo), somente o responsável pelo e-mail tem o direito de fazê-lo. Pois, tal publicação irá causar transtornos para o proprietário do respectivo e-mail, obrigando-o muitas vezes a cancelar o atual endereço.
Se você precisa passar o endereço de e-mail de uma empresa para um amigo seu, faça-o por e-mail ou publicando o endereço do 'web site' da respectiva empresa.
Lembre-se também que colegas de fóruns são, na maior parte das vezes, pessoas desconhecidas, então tenha muita cautela ao passar qualquer informação.

4- Não forneça o seu endereço de e-mail ou de outra pessoa em fóruns, grupos de discussão, salas de bate-papo e redes sociais.

5- Tenha cautela com o correio eletrônico. O serviço de e-mail e a própria internet, não são meios confiáveis de comunicação. Defeitos em softwares, provedores cujo serviço costuma falhar, problemas por excesso no "volume" de dados (parte desse causado por 'spammers' e informações sem qualquer valor), provedores de baixa qualidade, entre outros, impedem muitas mensagens de chegarem aos seus destinos.
Enviar uma mensagem e não receber um comunicado de erro, avisando sobre a falha, não é garantia de que seu "e-mail" chegou ao destino. Tenha certeza que isso já aconteceu com você várias vezes, pois certamente muitas mensagens se perderam em algum lugar.
Falhas nos programas dos servidores também podem gerar mensagens distorcidas, faltando linhas, etc. Num caso real, apenas as últimas linhas das mensagens eram enviadas.
Um defeito mais raro, porém, bastante desagradável é a multiplicação de mensagens. Isso pode ser causado por problemas no programa cliente de e-mail, ou no servidor.

6 - Ao escrever um e-mail é importante ser educado, aja como se você estivesse escrevendo uma carta física, e não se esqueça de assinar a mensagem (escrever seu nome completo no final do texto). Mensagens sem assinatura, normalmente, não são respondidas. Importante também é não deixar o campo "assunto" em branco.
Cumprimentar com "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" é educado, mas não funciona bem em cartas ou e-mail, pois é difícil saber em qual momento do dia a mensagem será lida. Formas de cumprimento não relacionadas ao tempo são mais adequadas.
Seja cordial. Não escreva daquela forma fleumática e impessoal, comum nas correspondências comerciais. Pois, não estamos tratando com máquinas ou coisas abstratas, mas sim com seres humanos.

7 - Se tiver que publicar o seu endereço de e-mail num site faça-o em forma de imagem e não como link ou texto.

8 - Mantenha, no mínimo, dois endereços de e-mail. Um para uso pessoal, e outro para registrar-se em fóruns, listas de discussão, etc.

9 - Confira a data de seu computador. Se o seu computador estiver com a data errada, atrasada ou adiantada, sua mensagem poderá ficar perdida, entre centenas ou talvez milhares de outras existentes na máquina de quem a recebeu. Por isso é comum que mensagens com data errada nunca venham a ser lidas. O mesmo problema ocorre quando um e-mail é recebido por uma máquina com a data incorreta.

10 - 'Spam' é quase todo e-mail não desejado e, quando seu conteúdo é exclusivamente comercial esse é chamado de UCE. Ao receber um 'spam', nunca responda pedindo para sair da lista do 'spammer' - 'spammer' é quem envia spam -, pois, assim ele terá certeza da validade do seu endereço de e-mail e não deixará você em paz. O 'spam' também é muito utilizado para disseminar vírus e roubar dados pessoais, por isso, cuidado com eles. Segundo a Kaspersky, quanto mais responder, mais 'spam' receberá. Outro conselho é não clicar nos links para "anular a subscrição" em mensagens provenientes de fontes duvidosas.

11 - Jamais compre produtos de quem envia 'spam'.

12 - Denuncie o 'spammer' ao provedor de origem do 'spam' e também aos sites que divulgam o nome dos 'spammers'. Encaminhe cópia da denúncia para o "Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil". Para maiores detalhes visite http://antispam.br/reclamar/
Informe aos seus amigos que se o "fulano de tal" não respeita sua privacidade, não tem ética, certamente não respeitará você enquanto consumidor.
Tenha cuidado, porém, para não acusar alguém injustamente, pois os 'spammers' conseguem enganar algumas pessoas, fazendo-as acreditar que a mensagem foi enviada por outra pessoa.

13 - Ao enviar mensagens, o ideal é fazê-lo em modo texto simples, e não em HTML ou com padrões particulares do software de e-mail. Mensagens no formato texto são em geral menores, congestionam menos a internet, ocupam menos espaço no HD e, poderem ser lidas e organizadas com maior facilidade. Todo software possui meios de ser configurado para isso. Se, você não sabe como configurar um programa de computador, consulte o manual ou solicite ajuda de um amigo.

14 - Apesar de prático, o recurso de enviar mensagens simultâneas (responder a todos ou 'reply to all'), assim como enviar simultaneamente mensagens para mais de um destinatário usando as opções "para" e "com cópia", pode ser equivalente ao 'spam', ou pior, pois todos os destinatários passarão a ter os endereços dos demais. Além de ser deselegante, tal prática pode causar grandes transtornos para uma ou mais pessoas que estão na lista, em especial para quem não desejava que os demais soubessem o seu endereço eletrônico. A prática já demonstrou que pouco tempo após uma pessoa receber esse tipo de mensagem, os 'spams' começam a chegar.

15 - Sempre que enviar uma mensagem para mais de um usuário, utilize a "cópia oculta". Se você, por exemplo, precisar enviar uma mensagem avisando seus conhecidos de que seu endereço de e-mail mudou, selecione a opção "cópia oculta" (Cco ou Bcc) para os endereços de todos os destinatários ou escreva uma mensagem individual para cada amigo seu. Isso evitará que os endereços de e-mails de seus destinatários circulem abertamente. Isso será ainda mais importante quando um dos destinatários decide encaminhar a mensagem. Aliás, o encaminhamento ('forward') de mensagem deve ser evitado ao máximo.

16 - Não abra mensagens suspeitas ou com endereço supostamente falso.

17 - Nunca, mas nunca mesmo, envie 'spam' ou qualquer mensagem publicitária a quem não a solicitou. O efeito desse tipo de mensagem é contrário ao esperado, por causar irritação em quem a recebe, e este passa a ter uma imagem negativa da empresa ou pessoa que enviou a mensagem. 'Spam' é propaganda negativa! Quero deixar claro que não se trata apenas da minha opinião, mas, a da maioria dos usuários e especialistas na área.
Ao contrário do correio convencional, o correio eletrônico gera muito mais perda de tempo e custos para quem o recebe. Com isso o receptor acaba pagando para receber propagandas, provocando indignação. Muitas vezes a caixa postal, do pobre destinatário, acaba saturada por "lixo", impedindo o recebimento de mensagens importantes.
O fato de algumas mensagens virem com um rodapé afirmando não se tratar de 'spam', não altera em nada o fato de serem 'spam'.
Quem envia 'spam', obriga você a gastar dinheiro, visto que é você quem paga para receber seus e-mails (assinatura do provedor, conta telefônica, energia elétrica, tempo, desgaste do equipamento, etc...), sem mencionar que você está desgastando sua visão, em frente a um monitor, muitas vezes ruim, para ler mensagens com conteúdo duvidoso ou indesejável. Se, você parar para pensar, concluirá que o 'spam' é tão nocivo quanto alguns vírus de computador. Pessoas educadas ou com um mínimo necessário de ética, jamais enviam 'spam', mensagens enganosas, hostis, etc.

18 - Por medida de segurança, se possível, evite utilizar o 'address book'. Muitos 'trojans' se aproveitam dos endereços armazenados nesse local.

19 - Não envie avisos de vírus ou similares. Mas, se você recebeu um vírus enviado por um amigo, avise a ele que sua máquina está infectada ou que ele, inadvertidamente ou por ingenuidade, digitou sua senha num site não genuíno.

20 - Diferentemente das grandes empresas, onde há funcionários cuja função é gerenciar os e-mails, empresas individuais ou artesões precisam dividir o tempo entre diversas tarefas. Por este motivo, um e-mail pode demorar até alguns dias para ser respondido. Então, aguarde ao menos 72 horas antes de enviar outro e-mail.

21 - Se você não receber resposta, pense que a mensagem enviada ou a resposta pode ter sido extraviada ou bloqueada. É importante destacar que, muitas empresas tentando se proteger dos 'spams', contratam serviços que prometem bloqueá-los, mas na prática alguns não passam de soluções medíocres (a "Trend Micro" é um exemplo desse absurdo), que bloqueiam grande número de IPs, inclusive daqueles que não enviam 'spam'.
Com isso, a empresa, assim como quem usa seus serviços, pode enviar e-mails, mas não recebe a resposta porque ela mesma está recusando o e-mail de resposta.

22 - Não utilize serviços de e-mail, cujo provedor lê sua correspondência, para posteriormente, utilizar as informações coletadas para uso comercial de 'spam', como faz a Google (Gmail). Se você tiver dúvidas quanto a isso, leia os termos de privacidade da Google ou clique aqui e aqui.
Por esse motivo, muitos estão rejeitando ou se recusando a responder mensagens de contas Google.

23 - Acentuar ou não acentuar as palavras? Não utilizar acentuação é garantia de que seu texto chegará mais claro na máquina receptora. Essa prática é recomendada principalmente quando se escreve para usuários de provedores fora do Brasil. Atualmente esse problema está bastante atenuado, mas ainda pode ser observado.

24 - Na Internet, escrever uma mensagem em letras maiúsculas é o equivalente a GRITAR. Portanto, não escreva mensagens em letras maiúsculas.

25 - Um erro comum é o envio de anexos. Para não ficar malvisto perante seu destinatário, simplesmente, não envie qualquer tipo de anexo, que dependendo do tamanho poderá até sobrecarregar a caixa de entrada. Caso tenha de fazê-lo consulte previamente seu destinatário, pedindo permissão. Informe-se também sobre o tamanho máximo em Bytes que pode ser enviado. Isso evitará que sua mensagem seja rejeitada.

26 - Ao enviar um anexo, após a devida autorização, procure enviar os documentos em um único arquivo compactado em ZIP, RAR, ARJ, TAR, 7-Zip ou outro formato bem conhecido. Um arquivo compactado pode ficar várias vezes menor que o original, contribuindo para o bom funcionamento da internet.

27 - Anexos podem conter vírus, por isso, não abra anexos vindos de fontes desconhecidas. E-mails com anexos, vindos de pessoas desconhecidas, frequentemente são apagados antes mesmo de serem lidos.

28 - Ainda falando sobre anexos, não imagine que o seu destinatário possui os mesmos softwares que você. Por exemplo: O que você faria ao receber um arquivo denominado "projeto.xyz" ? Ao enviar um texto em anexo, faça-o preferencialmente em TXT ou HTML, evitando extensões DOCX, LWP, etc.
Imagens devem ser enviadas em formatos comuns, tais como GIF, PNG, JPG, etc. Se for enviar um arquivo com a extensão BMP (arquivo normalmente grande) é imprescindível compactá-lo, conforme já comentado no item 26.
Se o seu computador não mostrar as extensões dos arquivos, altere ou peça para alguém configurá-lo de forma que todas as extensões de arquivos fiquem visíveis.

29 - Ainda os anexos... Interessante é o fato dos anexos, muitas vezes, inflarem a mensagem em 40% ou mais do tamanho do próprio anexo. Assim, um arquivo de 2 MB, ao ser anexado, pode gerar uma mensagem com mais de 2,8 MB.
A maioria dos provedores impõe limitações para a caixa postal, assim não é educado enviar um arquivo que ocupe um espaço significativo, pois isso pode trazer transtornos ao destinatário. O conselho é: Evite enviar anexos com mais de 500 kB.

30 - Ao enviar mensagem para o endereço existente numa página pessoal, esteja ciente de que a resposta poderá demorar dias ou até meses, isso porque muitas páginas recebem milhares de visitas diariamente, e conseqüentemente seu responsável pode também receber muitas mensagens, não sendo possível responder a todos num curto período de tempo.

31 - Tenha sempre um bom antivírus ativo e atualizado em sua máquina.

32- Não esqueça de agradecer pela resposta, mesmo que ela não traga as informações que você esperava.

 
   
 
 
 
     
 
     
     
     
 
© Copyright 1997-2014 TIMI AUDIO.  All rights reserved  
Firefox
Opera
 
 

O conteúdo deste site é protegido por direitos autorais e não pode ser duplicado, publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização escrita.